Obra da nova rodoviária de Presidente Venceslau está parada

Esse é o estado do novo terminal rodoviário.

Esse é o estado do novo terminal rodoviário.

Parada é a situação que se encontra a obra milionária de construção da nova rodoviária de Presidente Venceslau, a 610 quilômetros de São Paulo. O novo empreendimento orçado em R$ 1.150 mil está parado há mais de um ano, por falta de recursos financeiros que deveriam ser gastos na estrutura metálica do local, além de pendências com a empreiteira responsável pela realização da obra. Do lugar da rodoviária que deveria transportar milhares de pessoas, o mato alto ganha destaque, chegando a servir de pasto para vários animais. A obra foi iniciada há pouco mais de dois anos através de um convênio entre a prefeitura paulista e o Departamento de Estrada de Rodagens (DER). Continuar lendo

Mineiros irão ganhar uma nova rodoviária de Belo Horizonte

Rodoviária de Minas Gerais.

Rodoviária de Minas Gerais.

Finalmente a construção de um novo terminal rodoviário em Belo Horizonte irá sair do papel. Depois de mais de três anos após a homologação da licitação, chegou a hora da nova rodoviária de BH começar a ser erguida. Segundo informou a BHTrans – consórcio que administra a atuação estação rodoviária da cidade, a obra deve começar em agosto deste ano e se tudo ocorrer dentro do previsto, ser entregue em janeiro de 2017. Os próximos dois meses serão utilizados para limpeza e preparo do terreno, onde a rodoviária de Belo Horizonte será construída. O local tem uma área de 35,5 mil metros quadrados e será comandado pelo consórcio SPE Terminal BH, formado pelas empresas paulistas Socicam, Planova, Villanova, Telar e Amafi. Continuar lendo

Rodoviária de Joinville ganha reforço especial

Guarda Municipal de Joinville.

Guarda Municipal de Joinville.

Gás de pimenta, pistola de choque e algemas. Esses são alguns dos equipamentos utilizados por guardas municipais, que a partir de agora reforçarão a segurança da rodoviária de Joinville. No total, 44 homens devidamente uniformizados com colete e armas de proteção, atuarão em alguns pontos de grande circulação de pessoas, na cidade catarinense. Apesar de só agora aparecerem devidamente equipados, os guardas já estavam trabalhando no terminal rodoviário da cidade, deste fevereiro deste ano. Além das armas de proteção, o conjunto de equipamento conta com tonfa (bastão), colete a prova de balas, e até porte legal de arma de fogo, após o porte oficial ser liberado pela Polícia Federal, serão utilizados pela guarda municipal. Continuar lendo