Prefeitura reforma rodoviária de Guarapuava após duas décadas

Reparos e Reformas

Reparos e Reformas

Mais de R$ 572 mil serão gastos para reparar o terminal rodoviário de Guarapuava, na região central do Paraná. Essa é a primeira vez que o prédio passa por reformas, desde sua inauguração em dezembro de 1992. O investimento liberado com recursos próprios da prefeitura deve ser suficiente para troca total do teclado do terminal, assim como os refletores e a fiação elétrica. O projeto também prevê reparos nos banheiros, melhorias nas rampas de acesso, vidraças, corrimãos e na instalação hidráulica. Sem manutenção desde 2013, o telhado que ficou bastante danificado com as fortes chuvas da região, e é prioridade na reforma. De acordo com a prefeitura, a obra será dividida em duas etapas. Continuar lendo

Rodoviária de Timon (MA) quer ser a mais moderna do Estado

Rodoviária terá internet sem fio.

Rodoviária terá internet sem fio.

O Governo do Estado do Maranhão aprovou a liberação de verba no valor de R$ 6 milhões para construção da nova rodoviária do município de Timon. A obra substituirá o antigo terminal rodoviário que atende atualmente a localidade com mais de 150 mil habitantes. A nova rodoviária é um dos projetos previstos no Plano de Requalificação Urbana de autoria do prefeito de Timon Luciano Leitoa e do deputado estadual Rafael Leitoa. Para dar início a parceira, o governador Flávio Dino foi até o município distante a 450 km da capital e aprovou a construção da rodoviária de Timon. Reivindicada pela população, há vários anos, a obra vai atender toda a região, além de fortalecer e incentivar as viagens de ônibus de longa distância. Continuar lendo

Justiça proíbe rodoviária de Encruzilhada do Sul vender passagem

Rodoviária está proibida de vender passagens.

Rodoviária está proibida de vender passagens.

O terminal rodoviário do município de Encruzilhada do Sul, no Rio Grande do Sul, está proibido de comercializar passagens de ônibus intermunicipais. Barrada pela Justiça, a rodoviária só deverá retornar suas atividades regulares depois que apareça outra empresa dispostas a concorrer ao edital de contratação para realização de serviços no local. Segundo o portal Gaz, a assessoria de imprensa do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou que os serviços da empresa Estação Rodoviária Encruzilhada do Sul Ltda, do proprietário Edegar Brasil Veiga foram suspensos porque a prorrogação do contrato é irregular. Com a determinação da Justiça, a concessão que autoriza a empresa responsável pela rodoviária de Encruzilhada do Sul operar, está cassada. Apesar de ainda receberem os desembarques e embarques rodoviários, as plataformas de embarque e desembarque da rodoviária podem ficar temporariamente suspensas. Continuar lendo