Destinos mais procurados na rodoviária de Campinas na Páscoa

rodoviária de CampinasSe você mora em Campinas e pretende ir até a Americana de ônibus, durante o final de semana de Páscoa, é bom reservar a passagem rodoviária com antecedência. Acontece que este é um dos destinos mais procurados por quem embarca no terminal rodoviário de Campinas, principalmente em feriados prolongados e datas comemorativas. Além de Americana, as cidades de São Paulo, Jundiaí e Sorocaba merecem atenção especial caso estejam em seu roteiro. Para evitar tumultos ou reservar a última poltrona do ônibus, vale a pena garantir o serviço pela internet, antes mesmo de ir até o terminal rodoviário.

Só no final de semana de Páscoa, a rodoviária de Campinas espera receber mais de 25 mil pessoas, considerando que a grande maioria delas irá embarcar. É por isso que além de garantir a reserva pela internet, chegar pelo menos uma hora com antecedência é outra dica importante. Quem for viajar com bagagens também não pode esquecer de etiquetar as malas, com nome e telefone. E outra coisa, não se esqueça de estar com seu RG na hora de embarcar, hein!

Para os papais e mamães que pretendem viajar com filhos menores de 12 anos, devem providenciar o documento de identificação das crianças. Quando o adulto não puder acompanhar a viagem, é preciso que um responsável legal apresente uma autorização por escrito e assinada pelos pais, com firma reconhecida, para que a criança possa embarcar sem problemas. As vagas no estacionamento da rodoviária de Campinas também são concorridas e por isso é preciso não devem ser ocupadas por muito tempo, principalmente por parentes que vão até o terminal só para levar passageiros – evite ser multado. O terminal rodoviário de Campinas também disponibiliza um telefone de contato para usuários tirem suas dúvidas, é só discar para o (19) 3731 2930.

Rodoviária de Maceió registra queda no número de embarques

rodoviária de MaceióNem mesmo os dias de folga provocados pelo Carnaval têm salvado o caixa das principais companhias de ônibus de circulam no terminal rodoviário de Maceió. Segundo informações do setor administração da rodoviária, o fluxo dos embarques em destinos pelo interior do estado e até mesmo de outras regiões, durante este época, não tem sido suficiente para superar a marca alcançada nos dois últimos anos. Este já é o segundo feriado prolongado do ano que apresenta uma demanda de embarques inferior ao comparado no mesmo período do ano anterior.

E por conta da crise econômica, que tem sido o principal motivo pela queda no número das viagens, as próximas datas não prometem grandes aumentos em busca do serviço rodoviário. A gerência do terminal de Maceió informou que o modal recebe em média, 2,3 mil embarques em dias de movimento normal e que durante o Carnaval a média de pessoas embarcando atingiu a casa dos 3,5 mil passageiros (um crescimento relativamente pequeno para a expectativa das empresas que atuam no local).

Real Alagoas

Contudo, a viação Real Alagoas tem tentado “fazer barulho” para chamar a atenção dos clientes e salvar as linhas que são disponibilizadas no terminal. Durante o Carnaval, a empresa chegou a contratar um grupo musical para tocar em frente ao guichê de atendimento na tentativa de atrair mais clientes. A companhia de ônibus admite que o momento não é bom e que depois da diminuição das reservas, o número de veículos à disposição também foi reduzido. No ano passado a Real Alagoas atendia a demanda com 32 ônibus extras, já este ano o número caiu para 20 veículos, isso representou para a empresa uma parcela de passagens que não foram comercializadas, entre os 12 ônibus que circularam durante o feriado. Além dos embarques para o interior de Alagoas, os destinos mais procurados por quem viaja de ônibus ficam entre as cidades de Recife, Aracaju e principalmente Salvador.

Rodoviária de Curitiba “vende” 19 pontos comerciais através de licitação

rodoviária de curitibaO maior complexo rodoviário da capital do Paraná está com edital aberto para licitar a locação de 19 pontos comerciais nas dependências do prémio, que fica localizado no centro da cidade. Quem tem interesse deve apresentar proposta com valor da locação deve ir diretamente na sede da Urbanização de Curitiba S/A (Urbs), na Avenida Presidente Affonso Camargo, 330, atrás da Rodoviária, até o dia 17 deste mês. A abertura das propostas e sessão pública para decidir os novos concessionários só acontecerá no dia 26, no auditório da Urbs.

Há vagas para instalação de quatro lanchonetes, uma farmácia e outros comércios. A licitação será aplicada através da concorrência pela maior oferta será destinada a pessoas físicas, jurídicas, consócios e também franquias, desde que atendam às condições prevista no edital, que está disponível no site da Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br), clicando em Institucional, Licitações e localizando Concorrência Urbs 001/2017. Com exceção dos comerciários voltados ao setor farmacêutico e alimentício, conforme consta no edital, há 14 espaços disponíveis para instalação de comerciais de livre escolha, sendo permitida a instalação de lojas do ramo do vestuário, livrarias, presentes e outros artigos que tenham demanda para comercialização dentro do terminal rodoviário.

Os preços mínimos de outorga variam de R$ 11.959,20 e R$ 118.998,00, conforme a metragem e a localização do espaço, já que os “boxes” também levam em consideração o fluxo de pessoas que a rodoferroviária de Curitiba possui diariamente – segundo informações da empresa que administra o local, cerca de 30 mil pessoas acessam a rodoviária, seja embarcando, desembarcando, acompanhando outro passageiro ou trabalhando no local, composto no bloco ferroviário e rodoviário. Para tirar dúvidas sobre prazos e regras sobre o processo de licitação, é preciso encaminhar e-mail para comissão de licitação em boletins de esclarecimento publicados na internet, que responderão as solicitações através do esclarecimentosedital@urbs.curitiba.pr.gov.br.