Rodoviária de Campo Grande recebe 15 mil embarques no feriado

O feriado que comemora a Independência do Brasil, no dia 7 de setembro, foi responsável pelo registro de 15 mil embarques na rodoviária de Campo Grande, na zona sul da cidade. O aumento foi registrado pela Socicam – empresa que administra o terminal rodoviário, entre as vésperas e o feriado, de quinta. Os horários das 20 e 23 horas, na quarta (6) e das 8 e 12 horas, no feriado, quinta (7), foram os mais concorridos para quem estava com a passagem reservada e pretendia sair do terminal.

O fluxo de pessoas neste período gerou pequenas filas nas plataformas de embarque e em alguns guichês de empresas de ônibus que atuam no terminal rodoviário de Campo Grande. Segundo a Socicam, mais de 3 mil passageiros aproveitam o feriado para sair da capital neste feriadão. Com exceção das viagens de ônibus realizadas entre os estados vizinhos, a cidade de Corumbá foi uma das mais procuradas para desembarque, durante o feriadão. O terminal de Campo Grande também registrou grande aumento na compra de passagens rodoviárias com destino a Belo Horizonte, Cuiabá, São Paulo e Porto Alegre. A maior conexão de desembarques realizados na capital, foi gerada de cidades do interior do estado do Mato Grosso do Sul.

Operação de feriado

Para dar conta de atender a demanda extra nos serviços prestados pelo terminal, a Socicam integrou várias ações até o final de semana. Uma delas foi aumentar o quatro de funcionários nos setores de operação, limpeza, segurança e manutenção. A programação dos ônibus regulares também passou por mudanças para proporcionar mais qualidade e agilidade no atendimento de quem embarcou e desembarcou no local. Além dos ônibus extras, os pontos de alimentação, lojistas e demais serviços foram ampliados. A Socicam também divulgou uma lista com orientações para passageiros seguir antes de reservar a passagem no dia da viagem.

Rodoviária de Curitiba espera aumento de 12% no feriado

A rodoviária de Curitiba, no Paraná, pretende receber um aumento de mais de 10% no fluxo de passageiros, durante o feriado de Independência do Brasil, que será comemorado na quinta (7), em comparação com o mesmo feriado do ano passado. Para a Urbs, empresa que administra o terminal rodoviário de Curitiba, o número pode ser ainda maior, já que na capital, a sexta-feira, dia 8, também é feriado, dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, tornando as viagens muito atrativas, já que estamos em baixa temporada e o feriado prolongado com o final de semana não é uma má ideia para quem quer viajar com economia.

Se de fato, os viajantes aproveitarem o tempo livre para esticar o final de semana, pelo menos 50 mil passageiros poderão ser vistos nas plataformas de embarque que ligam os trechos interestaduais e intermunicipais da rodoviária de Curitiba, durante os quatro dias de folga. Para alcançar o número previsto pela Urbs, metade deste total de embarques deverá acontecer antes do feriado de Independência, ainda na quarta (6), quando boa parte dos curitibanos deixará a capital em rumo de outros destinos. Segundo dados da administradora, 45% dos passageiros preferem aproveitar o feriado para ir até o interior do Paraná. Outro montante composto por 20% ocupam as passagens de ônibus com destino ao litoral catarinense (o mais cobiçado pelas paranaenses), e os outros 15% viajam menos, e dão preferência as próprias praias do Estado.

São Paulo também é responsável por uma fatia de 12% das vendas rodoviárias neste período, seguido pelo Rio de Janeiro, com 2% das intenções, e outras cidades de diversos estados brasileiros. O terminal rodoviário de Curitiba receberá reforço na fiscalização e no atendimento nos quatro dias de feriado prolongado, e pode ter ônibus extras durante a quarta e quinta.