BHTrans libera acesso à Rodoviária de Belo Horizonte

Corredor exclusivo para o transporte rápidoUm dos trechos que dá acesso a avenida Santos Dumont, entre as ruas Saturnino de Brito e Curitiba, aos arredores da Rodoviária bh, foi liberado pela empresa responsável pelo transporte público da capital, a BHTrans, na primeira sexta-feira de dezembro.

O setor havia sido interditado a cerca de um ano, depois que a prefeitura mineira iniciou obras de mobilidade urbana no local. A operação batizada com o nome de Move vai entregar aos passageiros de ônibus, um corredor exclusivo para o transporte rápido de coletivos da cidade.

Com o acesso permitido, a Avenida Afonso Pena também ficou livre pra quem sai da Rodoviária de Belo Horizonte com direção ao centro da capital.

A previsão de entrega dos corredores com tecnologia BRT, dada em comunicado oficial pela prefeitura é de até o último dia do ano. Até lá o cronograma apresentado pela última vez durante o mês de outubro revela que depois dessa data, testes de operação começarão a ser realizados nessas vias.

Informações contidas no documento garantem que o centro da cidade será o primeiro bairro a ser contemplado pelas obras de infraestrutura urbana.

O trajeto por onde os ônibus passarão até as Avenidas Santos Dumont e Paraná será completamente liberado para circulação e trânsito de pedestres e veículos, pelo menos 15 dias antes das festas de final de ano começarem.

Segundo a Sudecap – Superintendência de Desenvolvimento da Capital, a pressa para liberar o fluxo impedido é para atender as reclamações de comerciantes do local, que dizem se sentir prejudicados com a interrupção das ruas e melhorar a qualidade das viagens. Mesmo assim, dificilmente o caminho ficará livre pra os veículos sem que a inauguração da operação Move aconteça, e que está programada só para o dia 15 de fevereiro.

Congestionamentos na Via Expressa se tornaram comum depois que as obras da Copasa saíram do papel. Na última quinta-feira, próximo ao bairro Coração Eucarística, sentido Norte, o trânsito parou. Funcionários estavam suspendendo os tampões de esgoto que ficaram cobertos durante o recapeamento das avenidas. Com as inaugurações das obras, o fluxo da Rodoviária bh também deve melhorar.