Carnaval movimentará R$ 977,9 milhões para o setor rodoviário

terminal rodoviárioOs terminais rodoviários do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Manaus e de outras capitais se beneficiarão de uma porção de aproximadamente R$ 980 milhões que devem ser gerados durante o feriado de Carnaval. As atividades turísticas ligadas a festa popular devem movimentar só neste ano mais de R$ 5,5 bilhões, segundo pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Além do transporte que também contempla as operadoras de transporte, agências de viagens, transporte aéreo e locação de veículos, o faturamento é composto por gastos com alojamento, alimentação, turismo, esporte e lazer.

A pesquisa aponta que serviços de alimentação em bares e restaurantes vão responder por 57,3% da receita, o equivalente a R$ 3,31 bilhões. Com o setor de bares e restaurantes, os serviços podem ser responsáveis por mais de 85% de toda a receita gerada no período carnavalesco, considerado o maior feriado do calendário nacional. Apesar de a expectativa agradar a todos os setores, o volume de recursos movimentado no carnaval deste ano deve ser 5,7% menor do que o apurado no mesmo período do ano passado e o pior desempenho das atividades turísticas entre os últimos três anos.

Apesar da maior concentração desse recurso ser destinado ao Rio de Janeiro, o que deve equivaler a R$ 2,4 bilhões, dos R$ 3,31 bilhões previstos, o setor rodoviário vê o crescimento da demanda de forma democrática, já que São Paulo, Minas Gerais e três estados da região Nordeste, Bahia, Ceará e Pernambuco também estão na lista dos destinos mais procurados nesta época do ano. O eixo Rio-São Paulo deve concentrar 68,2% da receita do setor, durante o Carnaval. Vale ressaltar que apesar da tendência recente de uma menor variação dos preços dos serviços típicos nesta época do ano, a retração real da renda tem imposto a necessidade de ajustes frequentes no orçamento das famílias, através da postergação dos gastos não essenciais, como é o caso do lazer. Por isso, quem vai viajar neste época do ano, deve prepara o bolso, para gastar mais do que o ano passado.