Finados atrai 250 mil pessoas na rodoviária Novo Rio

feriado terminal rodoviárioAs plataformas de embarque e desembarque da rodoviária Novo Rio, no Rio de Janeiro, formaram filas, durante o final de semana, que antecedeu o feriado de Finados (2). Muita gente aproveitou o tempo de folga para fugir da cidade, enquanto que o feriado também transformou a cidade maravilhosa em ponto de encontro de muitos turistas. Segundo levantamento do Consórcio Novo Rio – administradora do local, mais de 250 mil pessoas passaram pelo terminal rodoviário, entre sexta-feira (30 de outubro) e quarta-feira (2 de outubro). A demanda que já é rotineira durante feriados prolongados e datas comemorativas foi atendida com uma carga de mais de 1,5 mil horários de ônibus extras. No total, quem viajou de ônibus pelas linhas interestaduais oferecidas pela rodoviária do Rio de Janeiro, embarcou em um dos 8.160 veículos de transporte para longa distância.

Os dados obtidos em levantamento da concessionária revelam que boa parte dos cariocas não desperdiçou tempo neste feriado. A maioria comprou as passagens de ônibus pela internet e botou o pé na estrada, antes do final de semana chegar. Segundo a Novo Rio, sexta-feira foi o dia mais movimentado no terminal rodoviário. Os municípios que pertencem as regiões dos Lagos, Serrana e Costa Verde do Rio de Janeiro foram os mais procurados, por aqueles que optaram em não sair do Estado. Já as viagens rodoviárias, de mais duração, foram feitas em sua maioria, com destino a São Paulo e Minas Gerais – a preferência pelas localidades é a mesma estimada para o próximo feriado, do dia 15 de novembro.

Recomendações

É bom ressaltar que, viajar de ônibus em feriados prolongados requer planejamento. Isso quer dizer, compre sua passagem antecedência, entendeu? Com os sites especializados no serviço isso ficou muito fácil. Basta escolher o destino, pesquisar a melhor companhia e pronto. Quem tem filhos menores de 12 anos e também pretende sair de casa, pode se informar sobre as viagens e tirar dúvidas, no Plantão Judiciário por meio do telefone 3133-4144, para a capital do Rio de Janeiro.