Rodoviária de João Pessoa recebe 40 mil no feriadão de Páscoa

rodoviária de João PessoaO Terminal Rodoviário de João Pessoa registrou aumento recorde no número de passageiros durante o feriado da Semana Santa, em comparação com o mesmo índice de embarques e desembarques registrados no ano passado. O aumento que é referente a 8% na quantidade de passagens comercializadas, levou em consideração os feriados de Páscoa e de Tiradentes, que foi comemorado na semana seguinte. Em média, pouco mais de 20 mil pessoas aproveitaram os dias de folga longe de trabalho para sair da capital de Paraíba, enquanto que o terminal de João Pessoa também recebeu a mesma quantia de turistas.

Para o gerente do núcleo de terminais da Paraíba, o aumento da procura pelas viagens tem haver com a proximidade dos feriados prolongados do calendário de abril. Apesar de o acréscimo superar a margem alcançada no ano passado, as empresas que operam no terminal rodoviário de João Pessoa integraram os embarques com operação extra de apenas 45 ônibus, número considerado suficiente pela operação do prédio. As capitais de Pernambuco e Rio Grande do Norte foram as localidades mais procuradas pelos passageiros durante os dois últimos feriados. Houve também grande concentração de embarques saindo para vários municípios do interior do Estado, como Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras, Guarabira e Rio Tinto.

Recomendação
A recomendação para quem vai viajar até João Pessoa no feriado desta segunda, do Dia do Trabalho, é comprar as passagens rodoviárias com antecedência, para evitar filas nos guichês de atendimento e sobrecarregar a operação de veículos extras, principalmente para destinos de maior procura. Também é importante reservar com antecedência o bilhete de volta e não se esquecer de fazer a identificação adequada nas malas e bagagens, facilitando a localização em casos de extravio. Em viagens de ônibus em vésperas de feriados, mesmo quando o cliente reserva a passagem pela internet, a dica é chegar ao terminal de embarque com pelo menos uma hora de antecedência, a recomendação também é válida para adolescentes e idosos que viajam por meio de benefícios.