Rodoviária Porto Alegre oferece 600 embarques em feriado

Ônibus extras da rodoviária POA;

Ônibus extras da rodoviária POA;

Os últimos três dias de 2014 movimentaram as plataformas de embarque da rodoviária Porto Alegre. Com o feriado, o terminal passou a disponibilizar 600 horários de ônibus, para dar conta de atender a grande demanda de gaúchos que decidiram sair da capital, durante o final de ano. Segundo estimativa da Veppo, empresa que administra o local, cerca de 100 mil passageiros estiveram presente na estação rodoviária durante os dias 29, 30 e 31 de dezembro. O mesmo movimento foi registrado uma semana antes, enquanto se comemorava o Natal. Para a empresa, o maior fluxo de embarques foi registrando no final do dia, justamente após o expediente.

A capital do Rio Grande do Sul também conta com o Aeroporto Salgado Filho. Lá o ritmo permaneceu normal. Os voos operados na mesma data não passaram de 200, sem destoar da média. Para um dos gerentes do aeroporto de Porto Alegre, a procura pelas viagens aéreas não aumentou durante o Natal e o Réveillon, mantendo média de circulação de 25 mil usuários. A única diferença está nas preferências por determinados voos, principalmente para aqueles com destinos às cidades do interior do Nordeste, como Maceió, Natal e Porto Seguro. Quanto essas cidades ficam em alta, a procura por passagens de avião para São Paulo e Brasília diminui relativamente.

Quem reside na região de Caxias do Sul também pode embarcar no terminal rodoviário da cidade para fugir do “muco-vuco”, durante feriados prolongados. A rodoviária de Caxias do Sul tem várias opções de linhas interestaduais, contando com a operação de boa parte das auto viações que atuam em Porto Alegre. A alternativa foi escolhida pela estudante Débora Cristina, de 22 anos. Ela reside em Caxias do Sul e aproveitou o final de ano para reencontrar a família no Paraná. A jovem conta que essa já é a segunda vez que ela utiliza o transporte rodoviário para se deslocar durante o fim de ano. “O melhor é comprar as passagens de ônibus com antecedência e viajar durante a semana, se possível dois dias antes do feriado”, indica Débora.