Crise espanta 50 mil passageiros da rodoviária de Uberlândia

passageiro de onibusO terminal rodoviário de Uberlândia registrou queda de aproximadamente 50 mil embarques e desembarques, durante os cinco primeiros meses do ano. Com a crise, muita gente tem deixado as viagens de longa distância de lado. Pelo menos é nisso que acredita a maioria das companhias rodoviárias que operam na rodoviária da cidade mineira. A diminuição no fluxo de viagens de ônibus, registrado pelo Terminal Rodoviário Presidente Castelo Branco, representa um recuo de pelo menos 5,4% nas vendas das auto viações que operam em linhas interestaduais com saída de Uberlândia, quando é feito comparativo nas reservas do ano passado. Segundo dados da Triângulo Concessões (Tricon), administradora da rodoviária, 854 mil pessoas passaram pelas plataformas de embarque e desembarque do terminal de Uberlândia, durante 2016, enquanto que no ano passado, em maio, pouco mais de 900 mil usuários haviam acessado o local para viajar. Os dados também revelam que houve queda maior no número de embarques, em cerca de 6%, contra 4% nos desembarques registrados no local.

Saldo negativo

Além do prejuízo financeiro enfrentado pelas empresas de ônibus, a queda no número de embarques do terminal rodoviário trouxe outros pontos negativos para o setor. O corte de alguns horários de ônibus e destinos de baixa lotação é um dos reflexos dessa desconfortável realidade. A maior parte dos pedidos de interrupção temporária das operações, aprovadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), corresponde aos trajetos interestaduais. Também houve demissão de 11 funcionários que trabalhavam para uma companhia de ônibus, que cortou metade de suas operações no terminal rodoviário de Uberlândia, depois que a crise economia se instalou, no início de 2016. Para a Tricon, há falta de incentivos por parte do Governo, a carga tributária é alta e a concorrência com clandestinos atrapalha o movimento regular das viagens. As caronas organizadas por empresas também têm ganhado espaço entre aqueles que querem viajar pagando pouco pelo transporte.

Terminal rodoviário de Diamantina custará R$ 48 milhões

terminal rodoviárioA região do Alto Jequitinhonha vai receber uma das obras públicas mais caras das últimas décadas. O local irá abrigar a nova rodoviária de Diamantina. Assinado pelo governo estadual, o Termo de Cooperação Técnica viabilizará inventivos públicos e privados na ordem de R$ 48 milhões para a construção do novo complexo rodoviário da cidade. Para tirar o projeto do papel, o prefeito de Diamantina pretende contar com a Unidade Central de PPP da Secretaria do Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais. Só depois de ter todos os laudos técnicos aprovados é que a prefeitura poderá abrir o edital de concorrência para execução da obra tão aguardada pela população. Continuar lendo

Rodoviária de Picos investe em segurança e sinalização

Sinalização na rodoviária de PicosO terminal rodoviário de Picos vai instalar novas câmeras de monitoramento e placas com informações uteis aos passageiros, assim que a segunda fase de expansão começar. Anunciada através de uma parceria que une o poder público e empresas interessadas na comercialização e operação do prédio, a obra garantirá aos usuários da rodoviária da cidade do Piauí a instalação de câmeras de segurança pelos corredores, novo letreiro na entrada, placas de sinalização e orientação, além de catracas no setor de embarque e desembarque do terminal. Essa já é a segunda vez em menos de um ano que o terminal rodoviário da cidade passa por melhorias. Continuar lendo

Rodoviária de Timon (MA) quer ser a mais moderna do Estado

Rodoviária terá internet sem fio.

Rodoviária terá internet sem fio.

O Governo do Estado do Maranhão aprovou a liberação de verba no valor de R$ 6 milhões para construção da nova rodoviária do município de Timon. A obra substituirá o antigo terminal rodoviário que atende atualmente a localidade com mais de 150 mil habitantes. A nova rodoviária é um dos projetos previstos no Plano de Requalificação Urbana de autoria do prefeito de Timon Luciano Leitoa e do deputado estadual Rafael Leitoa. Para dar início a parceira, o governador Flávio Dino foi até o município distante a 450 km da capital e aprovou a construção da rodoviária de Timon. Reivindicada pela população, há vários anos, a obra vai atender toda a região, além de fortalecer e incentivar as viagens de ônibus de longa distância. Continuar lendo

Justiça proíbe rodoviária de Encruzilhada do Sul vender passagem

Rodoviária está proibida de vender passagens.

Rodoviária está proibida de vender passagens.

O terminal rodoviário do município de Encruzilhada do Sul, no Rio Grande do Sul, está proibido de comercializar passagens de ônibus intermunicipais. Barrada pela Justiça, a rodoviária só deverá retornar suas atividades regulares depois que apareça outra empresa dispostas a concorrer ao edital de contratação para realização de serviços no local. Segundo o portal Gaz, a assessoria de imprensa do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou que os serviços da empresa Estação Rodoviária Encruzilhada do Sul Ltda, do proprietário Edegar Brasil Veiga foram suspensos porque a prorrogação do contrato é irregular. Com a determinação da Justiça, a concessão que autoriza a empresa responsável pela rodoviária de Encruzilhada do Sul operar, está cassada. Apesar de ainda receberem os desembarques e embarques rodoviários, as plataformas de embarque e desembarque da rodoviária podem ficar temporariamente suspensas. Continuar lendo

Rodoviária de Picos passará por inspeção da Setrans

Órgão irá fiscalizar terminal rodoviário.

Órgão irá fiscalizar terminal rodoviário.

A Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) firmou parceria com uma empresa privada para realizar um estudo de área dos terminais rodoviários de Teresina, Picos e Floriano, no Piauí. Com a intervenção, a rodoviária que atende os moradores da cidade de Picos, a 302 km ao Sul de Teresina deverá passar por melhorias de infraestrutura. O terminal rodoviário vem causando diversos problemas de locomoção aos mais de 500 usuários diários, devido a vários problemas em suas instalações. Além do piso solto, os banheiros não estão em bom funcionamento e o teto da estação rodoviária Zuza Baldoíno está em mal estado de conservação. Continuar lendo

Parceria privada ajudará construir rodoviária de Teresina

Parceria Pública Privada.

Parceria Pública Privada.

A nova rodoviária de Teresina será a primeira obra a ser executada pela prefeitura da capital do Piauí com apoio de empresas privadas do Estado. Aprovado depois de uma reforma administrativa, o Programa de Parcerias Público-Privadas (PPPs) deverá revolucionar o modelo de conceder concessões para realização de obras publicas, como será executado no setor de transporte rodoviário da cidade. Mais eficiente e benéfico para os órgãos envolvidos no processo licitatório, o PPP trará melhorias nos investimentos estruturarias do terminal rodoviário, além de garantir mais transparência na gestão administrativa da obra. As primeiras audiências públicas para definir a empresa responsável pela construção da estação rodoviária, acontecerá até o dia 20 deste mês. Continuar lendo

Rodoviária de Belém ganhará ventiladores e escalas rolantes

Rodoviária ganhará escadas rolantes.

Rodoviária ganhará escadas rolantes.

Até o final do ano vai ser possível acessar o piso superior do terminal rodoviário de Belém, sem fazer esforço. Segundo reunião realizada há duas semanas, entre a Arcon – Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Pará e a Sinart – Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico, responsável pela administração da maior rodoviária do estado paraense, o local ganhará escadas rolantes. Esse é um dos benefícios que farão parte de uma lista de soluções discutidas entre os dos órgãos, que ainda inclui melhorias no sistema de ventilação do prédio. A Arcon deve acompanhar todas as ações e investimentos movidos pela Sinart no projeto de melhoria do terminal de Belém. Continuar lendo

Obra da nova rodoviária de Presidente Venceslau está parada

Esse é o estado do novo terminal rodoviário.

Esse é o estado do novo terminal rodoviário.

Parada é a situação que se encontra a obra milionária de construção da nova rodoviária de Presidente Venceslau, a 610 quilômetros de São Paulo. O novo empreendimento orçado em R$ 1.150 mil está parado há mais de um ano, por falta de recursos financeiros que deveriam ser gastos na estrutura metálica do local, além de pendências com a empreiteira responsável pela realização da obra. Do lugar da rodoviária que deveria transportar milhares de pessoas, o mato alto ganha destaque, chegando a servir de pasto para vários animais. A obra foi iniciada há pouco mais de dois anos através de um convênio entre a prefeitura paulista e o Departamento de Estrada de Rodagens (DER). Continuar lendo

Rodoviária de Joinville ganha reforço especial

Guarda Municipal de Joinville.

Guarda Municipal de Joinville.

Gás de pimenta, pistola de choque e algemas. Esses são alguns dos equipamentos utilizados por guardas municipais, que a partir de agora reforçarão a segurança da rodoviária de Joinville. No total, 44 homens devidamente uniformizados com colete e armas de proteção, atuarão em alguns pontos de grande circulação de pessoas, na cidade catarinense. Apesar de só agora aparecerem devidamente equipados, os guardas já estavam trabalhando no terminal rodoviário da cidade, deste fevereiro deste ano. Além das armas de proteção, o conjunto de equipamento conta com tonfa (bastão), colete a prova de balas, e até porte legal de arma de fogo, após o porte oficial ser liberado pela Polícia Federal, serão utilizados pela guarda municipal. Continuar lendo