Rodoviária de Teresina tem escada rolante

Escada rolante na rodoviária de TeresinaA escada rolante é uma das novidades da reforma finalizada na rodoviária de Teresina, no Piauí. O projeto inaugurado no dia 18 de outubro, graças aos esforços do Governo do Piauí e da empresa Sinart (Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico), por meio de uma Parceria Público Privada – PPP, vai beneficiar milhares de pessoas. Essa é a primeira etapa de uma série de obras para melhorar a acessibilidade e o conforto de quem embarca e desembarca no local, diariamente. Só nesta primeira etapa que envolve a instalação de uma escada rolante e o anúncio da compra de um elevador, o valor ultrapassa R$ 1 milhão, segundo dados do SeadPrev. A expectativa é transformar o Terminal Rodoviário de Lúcido Portela em uma das rodoviárias mais modernas do Brasil.

Para isso, a PPP terá de desembolsar mais uma boa quantia. O dinheiro será destinado para reestruturar vários pontos do prédio, incluindo a reforma dos sanitários e modificações na iluminação do local. Os concretos também passarão por limpeza em breve e o setor de desembarque para viagens de longa distância serão revitalizados. A ideia é reforçar a segurança de quem utiliza o serviço durante o dia e a noite, e por isso, um posto da Polícia Civil também poderá funcionar dentro da rodoviária. O encanador Marcos Donizete, de 47 anos, conta que a reforma da rodoviária é comemorada na cidade. “Estamos felizes com os investimentos que o terminal rodoviário está recebendo”, conta. Ele afirmou que os banheiros precisam de reparou urgentemente e espera melhorias na segurança do local.

Rodoviária de Teresina
Fundada no final da década de 80, a rodoviária de Teresina atende mais de 400 cidades do interior do Piaúi, além de levar milhares de passageiros para outros estados brasileiros, através das melhores auto viações do Brasil. O terminal oferece internet gratuita aos mais de 60 mil passageiros que passam pelo local todo o mês.

Parceria privada ajudará construir rodoviária de Teresina

Parceria Pública Privada.

Parceria Pública Privada.

A nova rodoviária de Teresina será a primeira obra a ser executada pela prefeitura da capital do Piauí com apoio de empresas privadas do Estado. Aprovado depois de uma reforma administrativa, o Programa de Parcerias Público-Privadas (PPPs) deverá revolucionar o modelo de conceder concessões para realização de obras publicas, como será executado no setor de transporte rodoviário da cidade. Mais eficiente e benéfico para os órgãos envolvidos no processo licitatório, o PPP trará melhorias nos investimentos estruturarias do terminal rodoviário, além de garantir mais transparência na gestão administrativa da obra. As primeiras audiências públicas para definir a empresa responsável pela construção da estação rodoviária, acontecerá até o dia 20 deste mês. Continuar lendo