Rodoviária de Curitiba dá dicas para embarques alternativos

Fuja das filas, atrasos e das dores de cabeça no momento do embarque. Essa é a tarefa que a empresa responsável pela rodoviária de Curitiba tem durante o próximo feriado do dia 12 de outubro (Dia das Crianças). Quem ainda não reservou a passagem rodoviária, mas pretende aproveitar o feriado para viajar, deve ficar atento aos dias e horários de pico nesta data. A Urbs, empresa que administra o local espera que mais de 20 mil embarques deverão acontecer entre quarta e quinta – ou seja na véspera e no próprio feriado religioso. O fluxo de carros e pedestres também deve se estender as principais avenidas e ruas em torno do principal terminal rodoviário de Curitiba – por isso, é preciso evitar o deslocamento nestes locais, principalmente entorno da rodoviária de Curitiba.

Segundo a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), por causa do trânsito de passageiros, o fluxo de automóveis no centro da capital estará mais intenso durante à tarde da véspera do feriado. O movimento no entorno dos pontos turísticos e do terminal também deve aumentar entre quarta e quinta. O final da tarde e o começo da noite de quarta deve ser o horário de pico para quem pretende deixar a capital paranaense.

Destinos rodoviários mais procurados

Mais da metade das passagens já reservas pelas operadoras de transporte que atuam no terminal de Curitiba, tem destino para cidades do interior do Estado. O litoral do Paraná também está entre os destinos mais procurados neste período em que se comemora o Dia das Crianças. A Urbs recomenda a compra de passagens de ônibus pela internet e pede que os passageiros se programem para chegar ao terminal rodoviário com antecedência, se a opção for viajar entre os dias 10 e 11.

Movimento na rodoviária de Curitiba deve triplicar nas férias

Viagens de ônibus nas férias.

Viagens de ônibus nas férias.

Os feriados deste final de ano e a folga do trabalho tornará a vida mais complicada de quem for à rodoviária de Curitiba para embarcar. A previsão da Urbs – Urbanização de Curitiba S/A, empresa responsável pala administração do terminal é de que o número de embarques triplique nesta época do ano. Durante os dias regulares, a rodoviária da capital do Paraná recebe média de 12 mil pessoas nas plataformas de embarque e desembarques. Se a expectativa se concretizar, os últimos dias do ano irão ser movimentados no terminal, principalmente para quem optar por itinerários durante o dia. Os que se aventurarem nos guichês para comprar a passagem rodoviária também terão dificuldade. Continuar lendo

Copa do Mundo traz poucas melhorias à rodoviária de Curitiba

Legado da Copa não foi aplicado no terminal de Curitiba.

Os feriados e dias de grande fluxo rodoviário comprovam que a reforma da rodoviária de Curitiba, concluída em meados de 2014, para receber a Copa do Mundo, não resolveram todos os problemas do local. Principalmente quando é preciso encontrar uma vaga no estacionamento para receber ou acompanhar o parente até as plataformas do terminal. Quem não quer pagar pelo serviço enfrenta uma verdadeira maratona em busca de uma das 100 vagas rotativas livres para estacionar por quinze minutos. Disputada, as vagas passam a travar o acesso dos veículos que entram e saem do local. O problema piora na medida em que a demanda pelas passagens rodoviárias aumenta, devido aos feriados prolongados como aconteceu no dia 2 de novembro, em Finados, e no Dia da Independência. Alguns se aventuram em locais proibidos, ligam o pisca alerta e deixam o veículo em local proibido. Continuar lendo